Universidad de Chile

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Tabela de conteúdo

Clube

Nome do Clube: Club de Fútbol Profesional de la Universidad de Chile
Local: Santiago, Chile
Data de Fundação: 24 de maio de 1927
Estádio:
Mando: Nacional do Chile
Site: http://www.udechile.cl/
Descrição: Os primeiros antecedentes do Club de Fútbol de la Universidad de Chile são da década de 1910, especificamente com a disputa do primeiro Clássico Universitário, entre as seleções estudantis das Universidad de Chile e Universidad Católica, em 1º de novembro de 1909. Em 1911, foi criada o Internado Fútbol Club, em cujo plantel atuavam vários estudantes da Universidad de Chile. Entre 1910 e 1920 existiram diversas equipes de vários esportes na Universidad de Chile, entre os quais o futebol, que nasceu em 1923 dentro da Universidade. Em 1924, cria-se o Club Atlético Universitario e em 1926, o Club Náutico Universitario. Dessa mistura, junto com o Internado Fútbol Club, nasce em 24 de maio de 1927 o Club Universitario, sendo que essa data é considerada como da fundação do clube. Manda seus jogos no Estádio Nacional de Chile, com capacidade para 66.000 torcedores. Seus rivais tradicionais são o Colo-Colo e a Universidad Católica, e a sua torcida é conhecida popularmente como Los de Abajo ("Os de Baixo", em espanhol). Em 2006, o clube declara falência e em 2007, o empresário Carlos Heller, em conjunto com o mexicano Octavio Colmenares, por licitação, compram o clube por US$6,3 milhões (3.333 milhões de pesos chilenos) e começa a ser administrada pela sociedade anônima Azul Azul S.A., que administrará o clube pelos próximos 35 anos.


Estatísticas

Histórico

Geral

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Palmeiras x U. de Chile 6 6 1 2 15 6 +4


Em Libertadores

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Palmeiras x U. de Chile 2 2 0 0 4 2 +2


Em Copas Mercosul

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Palmeiras x U. de Chile 4 3 0 1 8 3 +2
Última Atualização: 09 de abril de 2010


Primeira Partida

No Chile

Universidad de Chile 1 x 0 Palmeiras
Juíz: Alberto Tejada
Palmeiras: Valdir de Moraes; Djalma Santos, Valdemar Carabina, Ivan e Geraldo Scotto; Zequinha e Ênio Andrade; Romeiro, Américo, Parada e Ivan II. Técnico: Osvaldo Brandão
Gol: Daniel Ruiz (45') do 2º tempo


No Brasil

Palmeiras 1 x 0 Universidad de Chile
Juíz: Daniel Giménez (ARG)
Público: 832
Palmeiras: Marcos; Neném, Agnaldo, Cléber e Júnior (Ferrugem); Tiago Silva, Pedrinho, Almir e Zinho (Darci); Magrão (Arílson) e Oséas. Técnico: Luiz Felipe Scolari
Universidad de Chile: Riquelme; Galdames (Arrancibia), Cáceres, Rojas e Gonzáles; Ponce (Barrera), Musrri, Valência e Acuña; Gusman (Pedro Gonzales) e Garcia. Técnico: Roberto Hernandez
Gol: Almir (14') do 2º tempo


Curiosidades

Se enfrentaram 4 vezes no ano de 2001. Duas vezes pela Libertadores e mais duas pela Mercosul.


Maiores Goleadas

O Palmeiras goleou por duas vezes: 4x0 em São Paulo pela Mercosul e 3x0 em Santiago pelo Torneio Quadrangular do Chile.


Placares

O placar de 2x1 se repetiu por 4 vezes. Por 2 vezes houve placar de 1x0.


Jogos

  1. 1960 - 0x1 - Nacional, Santiago (CHI) - Amistoso (23/01/1960)
  2. 1961 - 3x0 - Nacional, Santiago (CHI) - Quadrangular do Chile (11/02/1961) Gol Bececê, Geraldo II e Julinho Botelho
  3. 1964 - 0x0 - Nacional, Santiago (CHI) - Quadrangular do Chile (14/02/1964)
  4. 1998 - 2x1 - Nacional, Santiago (CHI) - Mercosul, 1ª fase (02/09/1998) Gol Roque Júnior, Alex
  5. 1998 - 1x0 - Palestra Itália, São Paulo (BRA) - Mercosul, 1ª fase (14/10/1998) Gol Almir
  6. 2001 - 2x1 - Palestra Itália, São Paulo (BRA) - Libertadores, 1ª fase (09/03/2001) Gol Lopes (2)
  7. 2001 - 2x1 - Nacional, Santiago (CHI) - Libertadores, 1ª fase (18/04/2001) Gol Fábio Júnior, Alexandre
  8. 2001 - 1x2 - Nacional, Santiago (CHI) - Mercosul, 1ª fase (25/07/2001) Gol Arce
  9. 2001 - 4x0 - Palestra Itália, São Paulo (BRA) - Mercosul, 1ª fase (13/09/2001) Gol Galeano, Tuta, Magrão, Alexandre


Artilheiros

  • Alexandre e Lopes (2 gols)
  • Alex, Almir, Arce, Bececê, Fábio Júnior, Galeano, Geraldo II, Julinho Botelho, Magrão, Roque Júnior e Tuta (1 gol)

Ferramentas pessoais