José (Zé) Roberto da Silva Júnior

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Edição feita às 22h42min de 17 de maio de 2017 por Fabio (Discussão | contribs)
ZÉ ROBERTO
Zé Roberto
Informações pessoais
Nome Completo José Roberto da Silva Júnior
Nascimento 6 de julho de 1974
São Paulo São Paulo Brasil
Altura 1,76 m
Peso 69 Kg
Canhoto
Apelido Zé Roberto
Informações profissionais
Clube atual Palmeiras Palmeiras
Número 11
Posição Lateral Esquerdo e Meia
Estreia Palmeiras 3x1 Shandong Luneng-CHN (17/01/2015) 45'
Último jogo Palmeiras 4x0 Vasco da Gama (14/05/2017) 93'
Situação Atleta do Palmeiras
Término do Contrato 31/12/2017
Clubes de juventude
1981-1989 BrasilSão Paulo Pequeninos do Jockey
1990-1993 BrasilSão Paulo Portuguesa
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (gols)
1994-1997 Portuguesa Portuguesa
1997-1998 Espanha Real Madrid Real Madrid
1998 Flamengo Flamengo 24 (0)
1998-2002 Alemanha Bayer Leverkusen Bayer Leverkusen
2002-2006 Alemanha Bayern Munique Bayern Munique
2006-2007 Santos Santos
2007-2009 Alemanha Bayern Munique Bayern Munique
2009-2011 Alemanha Hamburgo
2011-2012 Catar Al-Gharafa
2012-2014 Grêmio Grêmio
2015-2017 Palmeiras Palmeiras 114 (9)
Seleção nacional
Anos Seleção Jogos (gols)
1995-2007 Seleção Brasileira Seleção Brasileira 84 (6)
Títulos
Anos Clubes Campeonato
1996-1997 Real Madrid Real Madrid Espanha Espanhol
1996-1997 Real Madrid Real Madrid Espanha Supercopa da Espanha
1997 Seleção Brasileira Seleção Brasileira Copa América
1997 Seleção Brasileira Seleção Brasileira Copa das Confederações
1999 Seleção Brasileira Seleção Brasileira Copa América
2002-2003 Bayern Munique Bayern Munique Alemanha Alemão
2002-2003 Bayern Munique Bayern Munique Alemanha Copa da Alemanha
2004-2005 Bayern Munique Bayern Munique Alemanha Alemão
2004-2005 Bayern Munique Bayern Munique Alemanha Copa da Alemanha
2005 Seleção Brasileira Seleção Brasileira Copa das Confederações
2005-2006 Bayern Munique Bayern Munique Alemanha Alemão
2005-2006 Bayern Munique Bayern Munique Alemanha Copa da Alemanha
2007 Santos Santos São Paulo Paulista
2007-2008 Bayern Munique Bayern Munique Alemanha Alemão
2007-2008 Bayern Munique Bayern Munique Alemanha Copa da Alemanha
2012 Catar Al-Gharafa Catar Copa do Emir
2015 Palmeiras Palmeiras Brasil Copa do Brasil
2016 Palmeiras Palmeiras Brasil Brasileiro

José Roberto da Silva Júnior, mais conhecido como Zé Roberto (São Paulo, 6 de julho de 1974), é um futebolista brasileiro que atua como lateral esquerdo e meia.

Tabela de conteúdo

Biografia

Zé Roberto nasceu e cresceu na periferia da zona leste de São Paulo, na Vila Ramos. Na infância seu pai saiu de casa e a mãe, Dona Andrezina, precisou cuidar sozinha dos 6 filhos. Sua paixão pelo futebol começou desde cedo e aos 7 anos começou a treinar no Clube Pequeninos do Jockey. Ficou no clube do Morumbi até os 15, quando teve que abandonar o futebol para ajudar a mãe logo após o falecimento de sua irmã. Zé Roberto trabalhou por cerca de 6 meses como office boy para ajudar no sustento da família.

Um dia sua mãe chegou em casa e avisou o filho que havia passado pela sede da Portuguesa e ele deveria tentar a sorte nas peneiras do clube. Ao chegar no Canindé, o primeiro susto. Zé Roberto sempre foi meia na escolinha mas a fila para tentar a sorte na posição dava voltas na quadra. Atacantes também sobravam. Para lateral-esquerdo, a concorrência era menor. Zé teve alguns minutos para mostrar seu potencial na Portuguesa mas foi reprovado. Dona Andrezina não se deu por vencida. Sabia do talento do filho e lutou por seu futuro. Quando já estavam saindo do clube, sua mãe voltou e deu uma dura em um dos avaliadores. Um dos treinadores anotou seu nome e ele voltou em uma seleção menos concorrida. Zé Roberto passou e começou a treinar no juvenil da Portuguesa.

Fez sua estreia no profissional em 1994, com 19 anos. Dois anos mais tarde, em 1996, foi um dos destaques do time da Portuguesa vice-campeã brasileira, perdendo a final para o Grêmio. Zé Roberto jogava na lateral esquerda e fez parte do time que ainda tinha Rodrigo Fabbri, Capitão, Gallo, Emerson, Clemer e Caio. Nesse ano Zé Roberto foi escolhido como melhor lateral esquerdo e ganhou a Bola de Prata da Revista Placar.

Ficou na Portuguesa até 1997 quando se transferiu para o Real Madrid. Em junho de 97, pela Seleção Brasileira, foi campeão da Copa América disputada na Bolívia como reserva de Roberto Carlos (Zé Roberto atuou somente na partida contra a Colômbia na 1ª fase). Em dezembro do mesmo ano sagrou-se campeão da Copa das Confederações disputada na Arábia Saudita. No time merengue, mesmo jogando pouco e abaixo do esperado, foi campeão Espanhol e campeão da Liga da temporada 96/97.

Em 1998 foi chamado pelo técnico Zagallo e disputou a Copa do Mundo na França sagrando-se vice-campeão. Na Copa Zé Roberto jogou apenas alguns minutos contra a Dinamarca pelas 4ªs de final. Ao final da Copa foi emprestado ao Flamengo e disputou o Campeonato Brasileiro terminando na 11ª posição. Ao término do empréstimo com o Flamengo o Read Madrid o negociou com o o Real Madrid o negociou com o Bayer Leverkusen.

Com o Leverkusen foi vice campeão da Bundesliga na temporada 98/99. Em 1999, pela Seleção Brasileira, foi novamente campeão da Copa América realizada no Paraguai. Zé Roberto jogou no meio de campo e foi titular em 4 partidas: contra o Chile na 1ª fase (1x0), contra a Argentina nas 4ªs (2x1), a semifinal contra o México (2x0) e a final contra o Uruguai (3x0).

Na temporada 99/2000 foi novamente vice campeão da Bundesliga com o Bayer Leverkusen. A temporada 2001/2002 foi marcante para o jogador. Zé Roberto foi vice campeão mais uma vez na Bundesliga e levou o Bayer Leverkusen pela 1ª vez a uma final da Copa dos Campeões. O time alemão eliminou os sérvios do Crvena Zvezda na fase pré-copa. Na fase de grupos se classificou em 2º na chave com Barcelona, Lyon e Fenerbahçe. Nas 8ªs passou em 1º em um grupo com Deportivo La Coruña, Arsenal e Juventus. Nas 4ªs bateu o Liverpool (derrota na Inglaterra por 1x0 e vitória na Alemanha por 4x2). Na semifinal dois empates com o Manchester United (2x2 fora e 1x1 em casa) levaram o time à final, contra o Real Madrid (seu ex-clube), em Glasgow, Escócia. O Bayer perdeu por 2x1 mas Zé Roberto marcou seu nome ao lado de grandes jogadores como Lúcio, Michael Ballack, Oliver Neuville, Dimitar Berbatov e Yıldıray Baştürk no clube comandado pelo técnico Klaus Toppmöller e na Champions League.

Em 2002, mesmo jogando um grande futebol, Zé Roberto acabou fora da Copa do Mundo da Coréia/Japão. O técnico Luiz Felipe Scolari optou por Ricardinho e Kaká, na época com 20 anos.

Ao final da temporada 2002, Zé Roberto se transferiu a outro clube alemão, o Bayern Munique. Lá viveu a melhor fase da carreira onde conquistou inúmeros títulos da Bundeliga e da Copa da Alemanha (DFB-Pokal).

Em 2005 foi campeão da Copa das Confederações disputada na Alemanha como titular do técnico Parreira.

Em 2006 disputou sua 2ª Copa do Mundo, na Alemanha. Ele foi titular do meio de campo do Brasil e marcou um gol (o 3º contra Gana, nas 8ªs) na Copa. Apesar do time ser eliminado nas 4ªs pela França e muito contestado pela torcida, Zé Roberto foi escolhido pela FIFA como um dos jogadores da Seleção da Copa.

Em 2006 o meia assinou um contrato de 10 meses com o Santos. Foi campeão paulista em 2007 e liderou o Santos às semifinais da Libertadores.

Em 2008 voltou ao Bayern Munique e na janela de transferências da temporada 2009/2010 Zé Roberto se transferiu para o Hamburgo. Ao final do contrato de 2 anos, em 2011, o meia foi para o Al-Gharafa do Catar ocupar a vaga de Juninho Pernambucano que voltava ao Vasco. Pelo clube do Oriente Médio Zé foi campeão da Copa do Emir em 2012.

Em junho de 2012 o jogador assinou com o Grêmio. Foi vice campeão brasileiro com o time gaúcho em 2013 e Bola de Prata em 2012 e 2014.

No dia 22 de dezembro de 2014 foi anunciado como jogador do Palmeiras para a temporada 2015. Fez sua estreia contra os chineses do Shandong Luneng, em um amistoso realizado no dia 31 de janeiro. Fez seu 1º gol com a camisa do Palmeiras contra o Rio Claro, pela 4ª rodada do Paulista. Foi vice campeão paulista e eleito para a Seleção do Campeonato Paulista. É o 2º jogador mais velho a vestir a camisa do Palmeiras e o jogador mais velho a marcar, com 41 anos, 2 meses e 24 dias (gol contra o Inter no dia 30 de setembro).


Fontes:
| Reportagem de Alexandre Alliatti e Fernando Vidotto para o GE
| Reportagem de Marco Souza para o ZH Esportes
| Reportagem de Dassler Marques para o Terra


Em outubro a diretoria do Palmeiras e o atleta assinaram mais um ano de contrato.

Em dezembro de 2016 o Palmeiras renovou o contrato de Zé Roberto por mais um ano.


Estatísticas no Palmeiras

Por ano

Ano Jogos Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
2015 51 7 5 0
2016 47 2 5 0
2017 16 0 0 1
Total 114 9 10 1


Por campeonatos

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
Libertadores 8 3 3 2 0 2 0
Brasileiro 54 28 13 13 3 4 0
Copa do Brasil 13 7 2 4 5 2 0
Paulista 34 19 3 12 1 2 1
Copa Antel 2 1 1 0 0 0 0
Amistosos 3 2 1 0 0 0 0
Total 114 60 23 31 9 10 1


Geral

Ano Campeonatos Jogos Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos Minutos Jogados Jogou 90min Substituído
2015 Amistosos 2 0 0 0 90' 0 2
2015 Paulista 14 1 2 0 1248' 12 2
2015 Copa do Brasil 9 4 2 0 818' 7 2
2015 Brasileiro 26 2 1 0 2044' 15 11
2016 Copa Antel 2 0 0 0 186' 2 0
2016 Paulista 9 0 0 0 719' 6 3
2016 Libertadores 5 0 2 0 419' 4 1
2016 Brasileiro 27 1 3 0 2395' 24 3
2016 Copa do Brasil 4 1 0 0 306' 3 1
2017 Amistosos 1 0 0 0 80' 0 1
2017 Paulista 11 0 0 1 1017' 9 2
2017 Libertadores 3 0 0 0 290' 3 0
2017 Brasileiro 1 0 0 0 93' 1 0
Total 114 9 10 1 9705' 86 28


Clássicos

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
6 3 1 2 1 +1
Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
10 3 2 5 0 -2
Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
4 3 0 1 0 +2


Jogos


Elenco atual do Palmeiras

1 Fernando Prass • 2 Jean • 3 Edu Dracena • 4 Juninho • 5 Arouca • 6 Egídio • 7 Dudu • 8 Tchê Tchê • 9 Miguel Borja • 10 Moisés • 11 Zé Roberto • 12 Mayke • 13 Luan • 14 Jailson • 15 Michel Bastos • 16 Deyverson • 17 Erik • 18 Alejandro Guerra • 19 Bruno Henrique • 20 Raphael Veiga • 21 Thiago Santos • 22 Fabiano • 23 Roger Guedes • 25 Antônio Carlos • 26 Yerry Mina • 27 Keno • 28 Hyoran • 29 Willian • 30 Felipe Melo • 31 Thiago Martins • 37 Vitinho • 42 Vinícius Silvestre • 45 Gabriel Furtado • 49 Matheus Iacovelli • 51 Daniel Fuzato • Treinador: Cuca

Ferramentas pessoais