Fichas Copa do Brasil 2000

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Jogo 4.681
4ªs de final (Volta)
27 de junho de 2000
Palmeiras 2 x 3 São Paulo Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Público: n/d
Renda: n/d
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho (SP)
Rogério (34) do 1ºt
Rogério (15) do 2ºt
Gols Vágner (14) do 1ºt
Raí (04) do 2ºt
Sandro Hiroshi (24) do 2ºt
Marcos; Rogério, Argel, Índio e Tiago Silva; Galeano, César Sampaio, Júnior e Pena (Neném); Basílio (Alberto) e Euller (Luiz Cláudio).
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Rogério Ceni; Pimentel, Edmílson, Rogério Pinheiro e Fábio Aurélio; Alexandre, Vágner (Fabiano), Raí (Carlos Miguel) e Marcelinho; Edu (Evair) e Sandro Hiroshi.
Técnico: Levir Culpi
Jogo 4.680
4ªs de final (Ida)
24 de junho de 2000
São Paulo 2 x 1 Palmeiras Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Público: n/d
Renda: n/d
Árbitro: Romildo Corrêa (SP)
França (13) do 1ºt
Raí (37) do 2ºt
Gols Alex (24) do 2ºt
Rogério Ceni; Belletti, Edmílson, Rogério Pinheiro e Fábio Aurélio; Maldonado, Vágner, Fabiano (Carlos Miguel) e Raí; França (Edu) e Marcelinho (Pimentel).
Técnico: Levir Culpi
Marcos; Neném, Argel, Roque Júnior e Júnior; Fernando (Basílio), Galeano, Rogério e Alex; Euller e Alberto (Luiz Cláudio).
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Jogo 4.677
8ªs de final (Volta)
8 de junho de 2000
Palmeiras 1 x 1 ABC-RN Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Público: n/d
Renda: n/d
Árbitro: Reinaldo Ribas Vieira (RJ)
Luiz Cláudio (17) do 1ºt
Gols Joãozinho (33) do 2ºt
Sérgio; Neném, Agnaldo, Índio e Júnior; Fernando, Paulo Assunção, Taddei (Rogério) e Asprilla; Alberto (Marcelo Ramos) e Luiz Cláudio (Alex).
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Sadi; Moisés, Bartô, Márcio César e Teci; Erivan, Humberto, Evandro (Mílton) e Márcio Cardoso; Reinaldo Aleluia (Marquinhos) e Leonardo (Joãozinho).
Técnico: Didi Duarte
Jogo 4.674
8ªs de final (Ida)
1 de junho de 2000
ABC-RN 3 x 3 Palmeiras Estádio: Machadão, Natal (RN)
Público: n/d
Renda: n/d
Árbitro: Léo Feldman (RJ)
Leonardo (17) do 1ºt
Joãozinho (13) do 2ºt
Reinaldo Aleluia (30) do 2ºt
Gols Agnaldo (24) do 1ºt
Asprilla (40) do 1ºt
Luiz Cláudio (45) do 2ºt
Sadi; Moisés, Bartô, Mário César e Teci; Erivan, Humberto, Evandro (Márcio) e Kal Baiano; Reinaldo Aleluia e Leonardo (Joãozinho).
Técnico: Didi Duarte
Sérgio; Taddei, Índio, Agnaldo e Tiago Silva; Paulo Assunção, Ferrugem e Asprilla; Basílio (Juliano), Luiz Cláudio (Ânderson) e Alberto (Thiago Mathias).
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Ferramentas pessoais