Egídio de Araújo Pereira Júnior

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Edição feita às 18h55min de 20 de outubro de 2017 por Fabio (Discussão | contribs)
EGÍDIO
Egídio
Informações pessoais
Nome Completo Egídio de Araújo Pereira Júnior
Nascimento 16 de junho de 1986
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Brasil
Altura 1,77 m
Peso 71 kg
Canhoto
Apelido Egídio
Informações profissionais
Clube atual Brasil Palmeiras
Número 6
Posição Lateral-Esquerdo
Estreia Palmeiras 2x2 Atlético-MG (09/05/2015) 36'
Último jogo Botafogo 1x2 Palmeiras (02/08/2017) 95'
Situação Atleta do Palmeiras
Término do Contrato 31/12/2017
Clubes de juventude
2002-2006 BrasilRio de Janeiro Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (gols)
2003-2006 Flamengo Flamengo 5 (0)
2007 Paraná Paraná
2007-2008 Flamengo Flamengo 12 (0)
2008 Juventude Juventude
2009 Flamengo Flamengo 5 (0)
2009 Figueirense Figueirense
2010 Vitória Vitória
2011 Flamengo Flamengo 19 (1)
2011 Ceará Ceará
2012 Goiás Goiás
2013-2014 Cruzeiro Cruzeiro 106 (4)
2015 Ucrânia Dnipro Dnipropetrovsk
2015-2017 Palmeiras Palmeiras 91 (2)
Títulos
Anos Clubes Campeonato
2006 Flamengo Flamengo Brasil Copa do Brasil
2008 Flamengo Flamengo Rio de Janeiro Carioca
2009 Flamengo Flamengo Rio de Janeiro Carioca
2010 Vitória Vitória Bahia Baiano
2010 Vitória Vitória CBF Copa do Nordeste
2011 Flamengo Flamengo Rio de Janeiro Carioca
2012 Goiás Goiás Goiás Goiano
2012 Goiás Goiás Brasil Brasileiro B
2013 Cruzeiro Cruzeiro Brasil Brasileiro
2014 Cruzeiro Cruzeiro Minas Gerais Mineiro
2014 Cruzeiro Cruzeiro Brasil Brasileiro
2015 Palmeiras Palmeiras Brasil Copa do Brasil
2016 Palmeiras Palmeiras Brasil Brasileiro

Egídio de Araújo Pereira Júnior, mais conhecido como Egídio (Rio de Janeiro, 16 de junho de 1986), é um futebolista brasileiro que atua como lateral esquerdo.


Tabela de conteúdo

Biografia

Formado nas categorias de base do Flamengo, Egídio sempre foi tido como uma das grandes promessas das divisões de base. Fez sua estreia pelo time principal da Gávea no dia 19 de janeiro de 2003, em jogo vencido pelo Flamengo por 2x1 sobre o Friburguense. Em 2005, pelo time de juniores, foi campeão da Copa Cultura, Copa Record e da Copa Carioca de Juniores, tradicional campeonato fluminense de juniores. Suas participações o levaram ao time principal em 2006, onde atuou em 3 partidas. Fez parte do elenco campeão da Copa do Brasil desse ano.

Em 2007 foi emprestado ao Paraná Clube para jogar o Campeonato Paranaense. Titular do time do técnico Zetti, foi vice-campeão, perdendo a final para o Paranavaí. Disputou também a Libertadores desse ano pelo Paraná. No dia 14 de junho, apesar de ter sido emprestado até o final do ano, acabou voltando ao Flamengo a pedido do técnico Ney Franco. O clube paranista preferiu liberá-lo após o pedido do Flamengo ter criado indisposição com o atleta e o Paraná. Ainda em 2007, atuando com reserva de Juan, fez mais 6 partidas pelo Flamengo no Campeonato Brasileiro.

Em 2008 foi campeão carioca mas não conseguiu se firmar na equipe, atuando somente em 5 partidas. Acabou emprestado ao Juventude do técnico Zetti, para a disputa da Série B, ajudando a equipe que terminou em 7º lugar no campeonato.

Em 2009 voltou ao Flamengo do técnico Cuca, se sagrando campeão carioca mais uma vez, atuando em 5 partidas pelo Campeonato Carioca. No dia 26 de maio foi emprestado ao Figueirense para a disputa da Série B. O time catarinense terminou o campeonato na 6ª posição, não conseguindo o acesso à Série A.

Em 2010 o atleta fez a pré-temporada na Gávea mas acabou emprestado ao Vitória. No clube baiano foi o lateral titular do técnico Ricardo Silva onde se tornou campeão estadual, batendo o rival Bahia. Também conquistou o título da Copa do Nordeste e pela Copa do Brasil foi vice-campeão perdendo o título para o Santos. Porém o 2º semestre no time baiano não foi bom. Entrou em atrito com o técnico Toninho Cecílio e foi rebaixado com o time, terminando na 17ª posição.

Voltou ao Flamengo em 2011, onde pretendia se firmar com a saída de Juan, titular da lateral desde 2006. Começou a temporada como titular, mas não foi bem, fazendo que o técnico Vanderlei Luxemburgo improvisasse na posição. Foi campeão carioca, conquistando a Taça Guanabara e a Taça Rio. Como reserva de Júnior César, acabou emprestado ao Ceará no dia 22 de junho. Foi rebaixado à Série B com a equipe cearense mas voltou ao Flamengo no final de outubro para tratar uma lesão no joelho.

Em 2012 foi emprestado ao Goiás onde acabou tendo destaque. Campeão goiano no 1º semestre e campeão da Série B no 2º, Egídio foi o garçon do Goiás na temporada com 28 passes a gol.

Em 2013, com o término do contrato com o Flamengo, Egídio foi contratado pelo Cruzeiro. Criticado no começo da temporada, Egídio viveu bons e maus momentos nesse ano, que culminou com o título Brasileiro para os mineiros.

Em 2014 foi campeão mineiro e bi-campeão brasileiro pelo Cruzeiro. Nesse ano foi eleito pela CBF o melhor lateral-esquerdo do Campeonato Brasileiro pelo Prêmio Craque do Brasileirão.

No dia 6 de janeiro de 2015 o atleta foi vendido ao Dnipro Dnipropetrovsk da Ucrânia por €2 milhões (cerca de R$ 6,4 milhões), por 3 anos de contrato. Porém, no dia 28 de março foi anunciado o rompimento de seu contrato por falta de pagamento do time ucraniano. No dia 31 de março Egídio assinou com o Palmeiras até o final de 2017.

O lateral fez sua estreia no empate com o Atlético-MG, no dia 9 de maio, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Cheguei com o pensamento muito positivo de ajudar o Palmeiras e de conquistar títulos. O elenco está cheio de grandes jogadores e tenho certeza que, pela grandeza do clube, temos de tudo para brigarmos por grandes conquistas este ano.


Fontes:

  • | → Flapedia
  • | → CruzeiroPedia
  • | → O Gol
  • Diversos sites esportivos (→ Lancepress, GloboEsporte, Notícia do Dia, Site do SC Ceará, Diário do Nordeste, Estadão, ClicRBS, Gazeta do Povo, Portal Terra, Site do Paraná Clube).



Estatísticas no Palmeiras

Por ano

Ano Jogos Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
2015 36 1 9 0
2016 30 1 6 0
2017 25 0 2 0
Total 91 2 17 0


Por campeonatos

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
Libertadores 5 2 1 2 1 1 0
Brasileiro 55 30 8 17 1 11 0
Copa do Brasil 9 3 5 1 0 1 0
Paulista 20 14 2 4 0 4 0
Amistosos 2 0 2 0 0 0 0
Total 91 49 18 24 2 17 0


Geral

Ano Campeonatos Jogos Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos Minutos Jogados Jogou 90min Substituído
2015 Copa do Brasil 6 0 0 0 526' 5 1
2015 Brasileiro 30 1 9 0 2481' 21 9
2016 Paulista 11 0 4 0 993' 10 1
2016 Libertadores 4 1 1 0 270' 2 2
2016 Brasileiro 14 0 1 0 1145' 9 5
2016 Copa do Brasil 1 0 0 0 94' 1 0
2017 Amistosos 2 0 0 0 113' 1 1
2017 Paulista 9 0 0 0 706' 6 3
2017 Libertadores 1 0 0 0 46' 0 1
2017 Brasileiro 11 0 1 0 996' 8 3
2017 Copa do Brasil 2 0 1 0 160' 1 1
Total 91 2 17 0 7530' 64 27


Clássicos

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
4 3 0 1 0 +2
Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
3 2 1 0 0 +2
Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
3 2 1 0 0 +2


Jogos


Elenco atual do Palmeiras

1 Fernando Prass • 2 Jean • 3 Edu Dracena • 4 Juninho • 5 Arouca • 6 Egídio • 7 Dudu • 8 Tchê Tchê • 9 Miguel Borja • 10 Moisés • 11 Zé Roberto • 12 Mayke • 13 Luan • 14 Jailson • 15 Michel Bastos • 16 Deyverson • 17 Erik • 18 Alejandro Guerra • 19 Bruno Henrique • 20 Raphael Veiga • 21 Thiago Santos • 22 Fabiano • 23 Roger Guedes • 25 Antônio Carlos • 26 Yerry Mina • 27 Keno • 28 Hyoran • 29 Willian • 30 Felipe Melo • 31 Thiago Martins • 37 Vitinho • 42 Vinícius Silvestre • 45 Gabriel Furtado • 49 Matheus Iacovelli • 51 Daniel Fuzato • Treinador: Cuca

Ferramentas pessoais